Quarenta prefeituras sergipanas aderiram ao protesto contra a crise financeira e fecharam as portas nesta segunda-feira, 16. A informação dada pela assessoria de comunicação da Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (Fames), ressalta que outras cidades podem apoiar o ato até esta terça-feira, 17, – data que os serviços administrativos municipais irão permanecer sem funcionar.

Até o momento os municípios que contemplaram a ação em protesto à crise financeira pela qual as cidades vêm passando foram: Canhoba, Amparo do São Francisco, Porto da Folha, Poço Verde, Telha, Propriá, Canindé do São Francisco, Malhador, Cedro, Pacatuba, Ilha das Flores, Riachão, Lagarto, Neópolis, N. Sra das Dores, Malhada dos Bois, Itabaiana, Frei Paulo, Carira, Aquidabã, Boquim, Santana do São Francisco, Monte Alegre, N. Sra. de Lourdes, Itabi, Arauá, Laranjeiras, Cumbe, Feira Nova, Salgado, São Francisco, Tomar do Geru, Campo do Brito, Divina Pastora, Estância, Cristinápolis, Gararu, Indiaroba, Japoatã e Capela,

Reunião

Na manhã desta segunda-feira, o coordenador da Bancada Federal de Sergipe, o deputado federal Jony Marcos (PRB), esteve reunido com alguns prefeitos do Estado para debater também a queda na arrecadação e o pagamento obrigatório de precatórios.

De acordo com o prefeito de Ilha das Flores, Cristiano Beltrão, que esteve presente na reunião, ficou acertado duas reuniões com os prefeitos de Sergipe para esta terça-feira, 17, em Brasília. Uma, pela manhã com o presidente da Confederação Nacional dos Municipais (CNM), Paulo Ziulkoski, para tratar do Auxílio Financeiro dos Municípios (AFM), e a segunda, às 18h, com toda a bancada sergipana, para ver a possibilidade de redistribuição da emenda de bancada, no valor de R$180 milhões de reais.

“Na reunião, todos aceitaram que a verba das emendas de bancada não seja encaminhada somente para o estado e capital, mas também para os municípios, resguardadas as proporções. Contudo, somente cidades com mais de 15 mil/habitantes poderiam ser contempladas. O encontro amanhã entre os deputados federais, senadores e prefeitos também será para avaliar a legislação e a possibilidade de contemplar os 75 municípios”, explica o prefeito, acrescentando que todos os chefes do executivo municipais sergipanos foram convidados para participar da reunião e muitos estarão presentes.

A equipe de jornalismo do Portal Infonet também tentou falar com o presidente da Fames, Marcos José Barreto, mas não teve êxito. A informação é que o mesmo está a caminho de Brasília.

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

VIAInfonet
COMPARTILHAR