A primeira característica que um caçador tem que ter é ser bom de mira, uma outra coisa é um bom cachorro para apanhar a caça, se não for bom nos dois os tiros acabam acertando o pé. Pois bem:

Uma das vantagens de um prefeito é ter como aliado o presidente da câmara de vereadores e isso reflete na expectativa que é gerada no primeiro dia do ano no início de mandato. Um caso curioso aconteceu na cidade de Graccho Cardoso.

O prefeito reeleito Cassinho de Quixabeira queria eleger seu primo Chiquinho (aliado) mas outro primo também queria a presidência, este, há um bom tempo já vem se arranhando com Cassinho, Pedro de Zé de Pedão Vereador eleito.

Um acordo foi feito no sábado, segundo algumas fontes Cassinho e Chiquinho deram um carro novo a Pedro para obter o voto dele, porem no domingo antes da eleição para presidente, sem confiança em Pedro o prefeito passou o dia com ele em sua casa, na hora da eleição Cassinho já combinado com os demais vereadores colocaram Pedro para votar primeiro, para saber se realmente ele ia honrar o acordo firmado, foi ai que veio a grande surpresa pra todos que sabiam do acordo. Pedro “misteriosamente” votou nele mesmo, com a esperança de toda oposição votaria nele, sendo assim foi cancelada a sessão e foi feita outra chapa, Cassinho “dizem” que por orgulho, em comum acordo decidiu entregar a presidência da câmara para oposição, só para não entregar a Pedro.

A presidência então caiu nas mãos de Cristiano que é oposição a Cassinho, o prefeito preferiu entregar a Cristiano que é oposição do que entregar ao seu aliado e primo, simplesmente segundo alguns por orgulho.

No final os ânimos se elevaram e rolou até uns tapas entre alguns “eleitores” estilo CC.

O Vereador Pedro faz parte do mesmo partido do prefeito (PSB), será que depois dessa novela ele permanecera no partido?

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR

Músico,Jornalista DRT 0002304/SE, Repórter do Programa Voz da Cidadania e apresentador do Programa Expressão Livre.