Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

Em carro de luxo, prefeito visita comunidades para entrega de 10 Kg de milho a agricultores

Prefeito em visita aos povoados. (Reprodução Ascom-Prefeitura).

Em carros de luxo a comissão do prefeito chega às comunidades onde cidadãos trabalham das 05 às 17 horas em baixo de sol e pouca chuva, para ganhar o suficiente para sobreviver, orando para que não lhes falte o pão de cada dia. O que se ver muitas vezes são olhares desoladores, rostos queimados pelo sol castigante do sertão, muitos vivendo a beira da miséria, onde a falta d’água é constante, onde a lavoura não cresce, o inverno não chega, o gado morre de fome e sede, ou antes que isto aconteça são obrigados a vender seu rebanho a baixíssimos preços a produtores maiores. Em comunidades onde, quando a tão esperada chuva cai, os produtores ficam impossibilitados de acessarem demais povoados por falta de uma simples passagem molhada no riacho que a anos é solicitada e não é executada.

Carro utilizado pelo prefeito ao fundo. (Reprodução Ascom-Prefeitura)

O fato é que a prefeitura possui contrato de quase 20 mil reais por mês para o pagamento de dois carros de luxo cujo o uso se destina logicamente ao transporte do prefeito.

A distribuição de 10 kg de milho por agricultor, que custa não mais que 100 reais, para famílias quais a renda per capita não passa disto, é feita pela Secretaria de Agricultura e pelo prefeito que não economizou no luxo dos carros que os transportam.

Diante de tamanha desproporção algumas perguntas ficam no ar, quantos quilogramas de milho ou horas de trator para as famílias de agricultores de baixa renda seriam compradas com os mais de 200 mil reais que vossa excelência gasta com o aluguel de 02 carros de luxo prefeito? Há mesmo a necessidade de tanta ostentação para se dirigir a essas comunidades? Qual o propósito? Mostrar o quanto a prefeitura é rica, que prospera para obtenção de comodidades, mas que não tem dinheiro para executar obras estruturantes nesses povoados? É no mínimo, desproporcional e desrespeitoso a cada um desses cidadãos.

Sertão gloriense. (Reprodução, G1-Globo).

Perguntas não faltam, o que faltam são explicações razoáveis que nos façam entender que realmente há esta necessidade, seja por parte de prefeitos, governadores ou demais agentes públicos, um carro popular pode realizar o mesmo trajeto de forma mais econômica e responsável, como roga o princípio da economicidade.

Apesar das críticas aqui feitas é importante ressaltar que a Prefeitura de Glória é a única do estado a fazer a entrega das sementes diretamente aos agricultores nas comunidades, nos demais municípios o agricultor tem que buscar na sede do município, segundo informações contidas nas redes sociais da prefeitura.

Prefeito lava chão de creche municipal (Reprodução instagram).

O Prefeito Chico do Correio ganhou notoriedade nacional como bom administrador em seus mandatos, e é inevitável reconhecermos isto por colocar a prefeitura em “dias”, cumprindo pagamentos sem atrasos, enquanto o restante do estado passa por dificuldades para realizar tal feito, pela limpeza de barragens nos interiores, reformas em escolas, calçamento de ruas, etc. O que causa estranheza é que o mesmo prefeito que participa de cafés da manhã com garis, que sai às ruas a pé em campanhas de busca ativa escolar e que ajuda lavar o chão de creche, se importa com a luxuosidade do carro que o leva aos eventos.

Já dizia Graciliano Ramos “Quem dormiu no chão deve lembra-se disto, impor-se disciplina, sentar-se em cadeiras duras, escrever em tábuas estreitas. Escreverá talvez asperezas, mas é delas que a vida é feita: inútil negá-las, controná-las, envovê-las em gaze.“ — De vida, De dor.

Inácio Santana/ Redação Soudesergipe

COMENTE!