outubro18 , 2021

    Fiquem ligados! Único eclipse lunar total visto do Brasil em 2019, acontece nos próximos dias

    Veja também

    COMPARTILHE

    - Advertisement -

    O eclipse lunar acontece no momento em que a Lua é encoberta pela sombra da Terra passando em frente ao Sol, e é preciso um alinhamento certeiro para que o eclipse seja total, ou seja, com a sombra do nosso planeta cobrindo toda a visão da Lua.

    O fenômeno  acontece na madrugada do dia 21 (segunda-feira), onde teremos a oportunidade de testemunhar um belo eclipse lunar total daqui do Brasil. O fenômeno começará à 1h35 (horário de Brasília) da noite de domingo para segunda, durando até as 4h51, com o momento do eclipse total acontecendo às 2h41.

    No momento do eclipse, a Lua aparecerá no céu em tons de vermelho e laranja, na chamada “Lua de Sangue”. Essa mudança de cor, antigamente tida como presságio de maus agouros por algumas culturas, na verdade é provocada pela refração dos raios solares na atmosfera da Terra.

    - Advertisement -

    Neste próximo eclipse lunar total, além de avermelhada, a Lua estará maior do que o habitual, uma vez que ela está em máxima aproximação com o nosso planeta — o que é chamado de Perigeu, com esta Lua maior sendo chamada de Superlua. No Perigeu, a Lua parece 14% maior e sua superfície fica 30% mais brilhante do que no Apogeu (durante o que chamamos de Microlua).

    Superlua e Microlua (Imagem: Vox)

    Bastando olhar para o céu na madrugada de domingo para segunda. Contudo, vale lembrar que, caso o tempo esteja fechado, com muitas nuvens, a visualização da Lua pode ser prejudicada ou até mesmo impedida por completo. Para ver o eclipse, você não precisará de nenhum equipamento astronômico.

    O próximo eclipse lunar que acontece neste ano será no dia 16 de julho, mas não será total como este de janeiro, sendo apenas parcial e visível da América do Sul, Europa, África, Ásia e Austrália, e também não acontecerá durante uma Superlua. Mas o ano de 2019 também nos reserva um eclipse solar, que acontecerá no dia 2 de julho e será visível de maneira parcial em algumas cidades do Brasil, com início às 17h11 (horário de Brasília) com o pico acontecendo às 17h49.

    Izaque Vieira / Redação Portal Sou de Sergipe