setembro16 , 2021

    Polícia Civil cumpre dois mandados de prisão em Umbaúba

    Veja também

    SUICÍDIO: Um grito da alma pedindo socorro

    As tentativas de suicídio ou sua prática efetiva envolvem sempre uma...

    Polícia Militar apreende arma de fogo em Monte Alegre

    Policiais militares da Companhia Independente de Operações Policiais em...

    Tremor de terra é registrado em Gararu

    Um tremor de terra, de magnitude 1.5, foi registrado...

    Polícia Civil prende casal em flagrante por tráfico de drogas em Propriá

    Policiais civis da Delegacia Regional de Propriá prenderam em...

    COVID-19: Sergipe tem 5° dia seguido sem registro de óbitos

    O novo boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da...

    COMPARTILHE

    - Advertisement -

    A Delegacia de Umbaúba, por meio de agentes da Delegacia-Geral, deu cumprimento a dois mandados de prisão e a decisões judiciais de busca e apreensão. A ação policial ocorreu na tarde dessa quarta-feira (25) e um dos suspeitos estava foragido do sistema prisional da Bahia.

    Segundo os delegados Gustavo Mendes e Rafael Brito, inicialmente os policial deram cumprimento a um mandado de prisão temporária e a duas decisões de busca em residências na rua do Matadouro. A investigação é referente a um roubo que ocorreu na Rua Bela Vista, em junho deste ano.

    Localizado o investigado, foi identificado o segundo suspeito que, em abordagem policial, se apresentou com um nome falso, bem como data de nascimento distinta do documento de identidade apresentado.

    Assim, com o apoio do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), da Polícia Civil da Bahia, foi identificado que o segundo suspeito estava foragido do sistema prisional da Bahia e que era integrante de um grupo criminoso baiano.

    - Advertisement -

    Os investigados foram presos e já encontram-se à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que informações e denúncias que possam levar à localização de suspeitos de ações criminosas sejam repassadas pelo Disque-Denúncia (181).