outubro17 , 2021

    Polícia Civil esclarece homicídio ocorrido no povoado Brinquinho, em Simão Dias

    Veja também

    COMPARTILHE

    - Advertisement -

    Policiais civis da Delegacia de Simão Dias, com o apoio da Polícia Civil de Paripiranga/BA, efetuaram na tarde dessa quarta-feira (05), a prisão de Henrique Souza dos Santos, segundo envolvido na morte de Max Dias de Souza Nunes, o qual foi atingido por disparos de arma de fogo no dia 25 de março, na porta de sua residência, localizada no povoado Brinquinho.

    Segundo informações presentes no inquérito policial, a motivação seria por Max Dias possuir uma dívida de drogas com o traficante Wenderson Gusmão Sena. Este, no dia do crime, se reuniu com Henrique Souza e se dirigiram até a residência da vítima com o intuito de cobrar os valores.

    Já no local do crime, Max foi indagado acerca do pagamento e, diante de sua negativa, Wenderson sacou uma arma de fogo e efetuou os disparos fatais, enquanto Henrique o aguardava em sua Honda Pop 110 de cor branca. Após o crime, os autores fugiram em direção ao município de Paripiranga/BA.
    O autor dos disparos possui uma extensa ficha criminal. Ele foi preso em 07/04/2021 pela Polícia Militar da Bahia e já se encontra à disposição da justiça.