soudesergipe-toxa-gloria-despesas

A passagem da tocha olímpica seria um evento que marcaria a vida de qualquer cidadão, por conta de todo um significado do “tal” espírito olímpico.

Mas a crise que o país vem enfrentando motivou muitas pessoas a protestarem sobre esse CARÍSSIMO evento. Frases como: “Troco a tocha por melhores condições de saúde”, “troco a tocha por médicos” entre outras chamaram a atenção do mundo.

Em Nossa Senhora da Glória foi prometido que a passagem da tocha  não custaria nada aos cofres públicos e que o evento serviria para deixar a cidade em evidência nacionalmente.

A festa foi muito bonita, tão bonita que fez com que boa parte da população parasse em frente à TV na noite do mesmo dia só para ver a Capital do Sertão no Jornal Nacional. A expectativa era grande pelo primeiro “boa noite” de Willian Bonner e logo após o anuncio das notícias que seriam destaques naquele dia e entre essas notícias estaria a pomposa passagem da tocha.

O destaque não veio, mas o que ficou mesmo foi um prejuízo aos cofres públicos de mais de  R$ 24.000 segundo o site do TCE. Confira:

Serviços prestados como seguranças, durante a realização do Evento do Revezamento:

 Estrutura de som R$ 13.468,00

Decoração R$ 1.575

Segurança R$ 4.080
Faixas R$ 5.528

Durante a semana serão feitas matérias sobre os PREJUÍZOS gerados pelo revezamento em outros municípios de Sergipe.

Maycon Fernandes/Reportagem Soudesergipe

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR
Músico,Jornalista, Repórter do Programa Voz da Cidadania..