A Polícia Civil de Sergipe, apresentou nesta terça-feira, 26, na sede da unidade especializada, detalhes da operação denominada “Gamberi”, que localizou uma carga de aproximadamente 100kg de entorpecentes no Povoado Rua da Palha, na cidade de Santa Luzia do Itanhy, após chegada em solo sergipano na noite do último domingo, 24.

A operação ocorreu por volta das 10h da segunda-feira, 25,  e foram presos Celso Bernardino Rodrigues, a “mula”, pessoa que transportou a carga do estado de São Paulo; e Leonel Bertolo dos Santos, que distribuía o material para outros traficantes em Sergipe.

Informações recebidas pela polícia, Celso havia chegado de ônibus com o carregamento de drogas na noite do domingo, 24, sendo Leonel responsável por buscá-lo no posto e levar o material para sua residência, onde foi encontrada uma parte dos entorpecentes. O restante estava enterrado dentro de baldes em um matagal próximo à residência do distribuidor.

Segundo o delegado responsável pelo caso, André Baronto, a droga foi encontrada em mata fechada na região. “Seguimos para o local ontem pela manhã e dentro da residência encontramos duas sacolas com uma boa quantidade de maconha, mas sabíamos que haveria mais drogas, pois uma das sacolas estava vazia. Como se trata de uma área rural e não encontramos o restante da droga no local, suspeitamos que a droga estaria enterrada, o que comumente é feito nessas regiões”, informou.

Na casa de Leonel Bertolo dos Santos foi encontrada ainda uma espingarda e foi verificado em sistema que o acusado possuía um mandado de prisão em aberto pelo crime de latrocínio praticado no ano de 2003 no município de Estância. O delegado afirma que as invesigações referente ao caso continuam.

“As investigações continuam objetivando identificar outras pessoas que possam ter participado desse crime, mas por enquanto o que podemos afirmar é que Leonel é o responsável por receber essa droga e repassar para outros traficantes, enquanto Celso é a mula. Foi feito o flagrante dos dois indivíduos por tráfico de drogas e associação ao tráfico de drogas, que será comunicado ao Poder Judiciário e Ministério Público para que as providências sejam adotadas e sigam com os procedimentos”, ressaltou André Baronto.

Segundo as informações o material apreendido está estimado em aproximadamente R$100 mil.

Fonte: SSP / Se

Izaque Vieira / Redação Portal Sou de Sergipe

 

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR