Mulheres de Nossa Senhora da Glória e municípios do alto sertão se reuniram na tarde desta quarta (08) para dar o pontapé inicial à 8ª Jornada de Luta em Defesa dos Direitos das Mulheres, que foi iniciada a partir de uma grande roda de debate e uma marcha que percorreu as principais ruas da cidade. Com o tema “Mulheres em Movimento: Nada a Temer”, o evento se inicia no Dia Internacional de Mulher, mas com atividades que perdurarão durante todo o mês de março.

A marcha desta quarta, cujo maior objetivo foi o de combate à violência contra a mulher e às reformas trabalhistas e da previdência, reuniu estudantes, professores, servidores e movimentos sociais, a exemplo do Sindiserve Glória, da Fetam/CUT, do Caps Luz do Sol e do Movimento Mulheres com Peito. Também participaram representantes do poder público, tais como o prefeito e a vice-prefeita de Nossa Senhora da Glória, das secretarias de Assistência Social, Educação e Saúde, das coordenadorias de Políticas para as Mulheres de Nossa Senhora da Glória e de Monte Alegre, da DAGV (Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis) e da Câmara Municipal de Vereadores de Nossa Senhora da Glória.

Para a dirigente sindical Itanamara Guedes, que faz frente à organização do evento desde o seu início, a Jornada de Luta tem como objetivo dar visibilidade às pautas do movimento feminista, pressionar os órgãos públicos para implantar políticas públicas de igualdade de gênero e combater os retrocessos do governo golpista de Michel Temer.

Realizada anualmente e sempre partindo do Dia Internacional da Mulher, a Jornada de Luta é construída pelo Fórum de Mulheres, que congrega diversas entidades, a exemplo do Sindiserve Glória, da Fetam e da CUT, do CAPS Luz do Sol, do SINTESE, da Prefeitura Municipal de Nossa Senhora da Glória, da Secretaria Municipal de Assistência Social e da Coordenadoria Municipal de Políticas para as Mulheres.

Com informações do Sindiserve

Deixe seu comentário abaixo

Não Deixe de Conferir Essas DICAS Abaixo!!