Um confronto com policiais civis culminou com a morte de um suspeito, episódio registrado no início da manhã desta quarta-feira, 22, no bairro Santos Dumont, em Aracaju. De acordo com informações da assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), os agentes do Complexo de Operações Policiais Especiais (COPE) da Polícia Civil estariam cumprindo mandado judicial para prender o suspeito, que teria reagido e, em decorrência da troca de tiros, foi atingido.

A assessoria da SSP informou que o acusado, identificado como Douglas Rafael, conhecido como Douglinhas, chegou a receber assistência médica, mas morreu no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Esta seria a terceira tentativa da polícia para prender o acusado, segundo a assessoria de imprensa da SSP.

Douglinhas é acusado de integrar um grupo de criminosos que age praticando assaltos em diferentes locais da região da Grande Aracaju e também por alguns homicídios registrados no município de Nossa Senhora do Socorro.

Conforme a assessoria, Douglinhas e o grupo teria atuação em assaltos ocorridos no Mosqueiro, Robalo, Coroa do Meio e SuÍssa e também no município de Nossa Senhora do Socorro. Em uma das ações, conforme a assessoria da SSP, Douglinhas teria assaltado uma vítima que deixava um filho na porta de uma escola, na Coroa do Meio, em Aracaju.

No bairro Suíça, os suspeitos teriam assaltado um funcionário público e os assessores. As investigações desencadeadas pela Polícia Civil revelaram a participação direta de Douglinhas nestas ações, constatada também a partir do roubo de um veículo no Conjunto Fernando Collor, no município de Nossa Senhora do Socorro. Alguns comparsas foram presos, mas Douglinhas conseguiu fugir, conforme a SSP.

Em outro momento, na tentativa de cumprir mandado de prisão, os policiais trocaram tiros, mas o suspeito conseguiu fugir. Na madrugada desta quarta-feira, 22, os policiais articularam a operação, após constatarem a presença dele no bairro Santos Dumont, onde teria ocorrido um novo confronto.

Com informações SSP/SE

Deixe seu comentário abaixo