DEU NO TWITTER

O senador Antônio Carlos Valadares voltou a polemizar em seu microblog. Dessa vez o alvo foi o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira. No twitter, o senador escreveu:

“Mais uma trama de Edvaldo. Se passar na Câmara todo e qualquer aumento no transporte coletivo será por negociação do prefeito com empresas.”

A investida diz respeito ao aumento da tarifa de ônibus coletivo.

AINDA NO TWITTER

O deputado federal, Fábio Mitidieri, defendeu o Conselheiro do TCE, Ulisses Andrade, que está sendo alvo de investigação do Ministério Público por improbidade administrativa. Após surgir a polêmica envolvendo o conselheiro, o deputado escreveu:

“O cons. Ulisses Andrade é homem de bem, com história limpa e currículo invejável. As acusações contra ele são uma tentativa vã de atingi-lo.”

A promotora Rosane Gonçalves pediu o afastamento do conselheiro quando um carro oficial da Secretaria de Estado de Educação (Seed) foi utilizado para transportar mármore que seriam utilizados na casa de Ulisses.

RECLAMOU

O ex-deputado federal, Heleno Silva, fez duras reclamações sobre o preço do milho da CONAB que ainda não sofreu o reajuste prometido pelo Ministério da Integração Nacional. Também no twitter, o pastor afirmou que o anúncio do governo federal não valeu em nada.

“O preço do milho na CONAB em Sergipe continua o mesmo de 20 dias atrás, até agora o anúncio do governo federal não valeu em nada”, afirmou.

NÃO PASSOU DE CONVERSA

Heleno voltou a criticar em seu microblog em uma outra postagem:

“Sendo assim a solenidade em Brasília pra vender o milho subsidiado no Nordeste até agora não passou de conversa”.

 

VEJA ESSA!

Este colunista sempre tenta evitar falar de Monte Alegre, mas a afinidade com o município é grande. O vereador e presidente Acrísio postou em sua rede social sobre uma reunião com a prefeita Nena com alguns vereadores. O assunto diz respeito a suposta perseguição política que alguns servidores estavam sofrendo.

Na reunião ficou decidido que os servidores não serão mais transferidos para não levantar hipótese de desvio de finalidade. O presidente do Sintegre também participou da reunião.

E ESSA!

O vereador Henrique foi questionado sobre um internauta sobre o motivo do parlamentar não participar desta reunião. Em resposta, o vereador afirmou que ficou surpreso com a articulação do presidente do Sintegre. Henrique ainda salientou que “em audiência do Promotor com a Procuradora do Município, o caso foi resolvido. O Ministério Público que eles definissem a lotação das servidoras, no exercício do cargo em conformidade com suas funções E ASSIM ACONTECEU.”, escreveu.

Para Henrique, o problema já teria sido resolvido através de determinação do Ministério Público.

 

Welder Ban | Panorama Político
Uma análise da política sergipana como ela deve ser: sem censura.

Deixe seu comentário abaixo