POUCO PROVEITO EM BRASÍLIA

Os sergipanos saíram insatisfeitos com o investimento do Ministério da Integração Nacional para combater a estiagem no estado de Sergipe. O governador Jackson Barreto esperava mais e disse que a oferta de água está muito aquém das necessidades da população.

Foram quase 9 milhões de reais destinados ao estado, sendo que 7 milhões irá dar um apoio ao enfretamento da seca e 1,9 milhão para o Sistema Integrado de Abastecimento de Propriá.

 

CÂMARA DE GLÓRIA

As sessões na Câmara de Vereadores de Nossa Senhora da Glória continuam movimentadas neste início de ano. O que continua chamando a atenção é a presença maciça dos meios de comunicação da cidade que não deixam passar nada.

VEJA ESSA

Enquanto a situação tem o vereador Astrogildo da Saúde como líder do prefeito na casa legislativa, a oposição ainda não se decidiu. O vereador Gaguinho informou que aguarda um posicionamento do deputado Jairo sobre a reunião que vai definir o líder da oposição.

O mais cotado é o próprio vereador Gaguinho, pois outros vereadores eleitos na oposição já não sabem realmente de que lado estão.

FLÁVIO QUER CONAB MAIS ATUANTE

O vereador do PT, Flávio, solicitou uma reunião com o superintendente da CONAB. O objetivo desta reunião é sugerir um ponto de apoio em Glória para atender não somente os glorienses, mas os moradores das cidades vizinhas. O vereador quer o preço do milho mais acessível ao produtor rural.

 

MONTE ALEGRE

Outra reunião para dar seguimento ao famoso “Projeto das Casas de João Daniel” ocorreu em Aracaju. O responsável pelo projeto, Cição, e o vereador Acrísio estiveram na Construtora JF Filho e ao que parece o financiamento dessas casas, como já havíamos noticiados, ocorrerá.

Segundo a assessoria do vereador, haverá uma reunião na próxima semana com os beneficiários sobre os próximos capítulos dessa novela.

ENSINO INTEGRAL EM MONTE ALEGRE

Circula nas redes sociais que o Governo do Estado de Sergipe está articulando uma reunião para aplicar o ensino de forma integral no Colégio Estadual 28 de Janeiro. Em conversa com a assessora da SEED, Gleice Queiroz, o governo realmente apresentou um projeto à direção da escola, mas este seria por adesão.

Trocando em miúdos: quem vai decidir se quer ou não essa modalidade de ensino é a própria escola em discussão com a comunidade.

REFORMA NA ESCOLA; ENSINO FUNDAMENTAL

Professores estavam na bronca com essa possível mudança de ensino no 28 de Janeiro. Para alguns educadores, a escola deveria ser amplamente reformada e o estado deveria dar condições ao município para arcar com todo ensino fundamental.

 

Welder Ban | Panorama Político
Uma análise da política sergipana como ela deve ser: sem censura.

Deixe seu comentário abaixo

Não Deixe de Conferir Essas DICAS Abaixo!!

COMPARTILHAR
Jornalista DRT/SE 1794, Locutor e Apresentador da Xodó FM 89,9 e 88,5; Bacharelando em Direito.