outubro18 , 2021

    Aracaju registra mais dois casos da variante Delta do Coronavirus

    Veja também

    COMPARTILHE

    - Advertisement -

    A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) registrou mais dois casos de variante Delta do coronavírus em Aracaju. Os dois homens foram testados em agosto, já cumpriram isolamento e estão bem de saúde.

    Um dos pacientes tem 47 anos e teve contanto com uma familiar vinda de Macaé, Rio de Janeiro. A testagem foi realizada dia 2 de setembro e o resultado do sequenciamento genômico da amostra de RT-PCR, feito pelo laboratório da Fiocruz, foi divulgado hoje.

    A equipe de monitoramento da SMS acompanhou o paciente e mais dez pessoas do núcleo familiar por dez dias. O paciente recebeu primeira dose de vacina contra covid-19, imunizante AstraZeneca,dia 16 de junho.

    O segundo paciente é um homem de 26 anos. Ele buscou atendimento no Fernando Franco, dia 23 de agosto, com sintomas de síndrome gripal, quando foi realizada coleta. De acordo com o monitoramento, não é possível afirmar se houve contato com pessoas suspeitas ou advindas de regiões com transmissão comunitária de variante Delta.

    - Advertisement -

    Durante monitoramento, o paciente informou que não tomou vacina contra covid e que os familiares com quem reside estão imunizados e não apresentaram sintomas de síndrome gripal.

    Primeiro caso – Dia 14 de setembro, a Secretaria Municipal da Saúde recebeu confirmação do primeiro caso de variante Delta do coronavírus. O sequenciamento genômico da amostra de RT-PCR coletado em 31 de julho, em um hospital particular, foi realizado pelo laboratório da Fiocruz.

    Trata-se de uma mulher de 40 anos que teve contato com dois adolescentes que estiveram no Rio de Janeiro. A Secretaria Municipal da Saúde foi notificada por um hospital particular no dia 31 de julho e enviou, nesse mesmo dia, equipe da Unidade de Resposta Rápida na residência da paciente para avaliar comunicantes e levar declaração de isolamento domiciliar. No dia 2 de agosto, foi realizada a coleta dos comunicantes.

    Monitoramento – A Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), segue monitorando pessoas notificadas pelos Hospitais de casos suspeitos da variante Delta do Sars-Cov-2, advindos da Índia, Argentina, África do Sul e Reino Unido, além dos estados do Maranhão, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais, Goiás, Distrito Federal, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Pernambuco e Ceará apresentando sintomas em até 10 dias após a chegada da viagem.

    O Monitoraju e a Vigilância Epidemiológica monitoram os pacientes infectados, pessoas que mantiveram contato e os suspeitos que estão aguardando resultado de exames. A equipe da secretaria recebe as notificações e, assim que tem conhecimento, inicia o monitoramento do paciente e seus contactantes.

    A Vigilância Epidemiológica realiza o bloqueio de campo, a partir do caso suspeito e seus contactantes, com todas as informações importantes do caso, com o intuito de quebrar a cadeia de transmissão.