Um helicóptero do Grupo Tático Aéreo (GTA), da Polícia Militar de Sergipe, pousou na manhã desta terça-feira, 10, no pátio do Sindicato dos Taxistas, localizado na Avenida Tancredo Neves, ao lado da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), transportando uma gestante, vinda da cidade de Canindé da São Francisco, município do Alto Sertão sergipano. A parturiente de 22 anos, M.J.N.M., teve um deslocamento de placenta e precisou de ajuda para chegar à unidade. Ela estava consciente, estável, apresentando sangramento e sentindo contrações.

De acordo com o médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Lauro D’Ávila Barreto, M.J.N.M, estava na quarta gestação, tendo sido normais os partos anteriores. O sangramento e a suspeita de deslocamento prematuro da placenta indicaram que a paciente precisava ser tratada de forma rápida e submetida a uma cesariana de urgência. O médico explicou que, devido ao feto estar vivo, foi necessário que a paciente fosse transportada com rapidez para Aracaju, para a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, que é referência no atendimento às mães e bebês de alto risco.

De acordo a gerente do Centro Cirúrgico da MNSL, Camila Tâmara Farias Santos, a paciente admitida com deslocamento prévio de placenta, com idade gestacional estimada de 35 semanas, foi submetida à cesárea. O bebê do sexo feminino nasceu às 11h03, com 1,680 kg. “Ela está bem, aos cuidados da equipe e o bebê será transferido para a Unidade Intermediária”, disse Camila.

SAMU

A Superintendência do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 Sergipe) informa que nesta terça-feira, 10 , às 5h46, a Central de Regulação de Urgências (CRU) foi adicionada para transferência de uma gestante com 35 semanas (em andamento), da Maternidade de Canindé do São Francisco. Considerando a distância entre a unidade de Canindé e a MNSL, em Aracaju, a Regulação optou por acionar o Grupo Tático Aéreo (GTA).

Deixe seu comentário abaixo

Comentários