A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira (30) três trechos da BR-101 foram fechados por integrantes Frente Brasil Popular, que realizam protestos contra às reformas trabalhistas e da Previdência. Eles também são a favor de eleições diretas. Organizadores e polícia não informaram quantas pessoas participaram dos atos.

O KM 9, da BR 235, no município de Nossa Senhora do Socorro ficou fechado até por volta das 9 horas. Já o 70, no município de Maruim, e o KM 63 no município de permanecem fechados nos dois dentidos na BR 101. Na 235, o KM 89 em Nossa Senhora do Socorro também está fechado.

Na capital sergipana, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) informou que conseguiu uma liminar para manter 30% da frota atendendo a população, mas segundo o sindicato, os trabalhadores rodoviários impediram a saída dos veículos desde as primeiras horas desta sexta-feira. Com a ausência dos veículos nas ruas, o sindicato estima que cerca de 230 pessoas foram afetadas.

Na ponte do Conjunto João Alves Filho, município de Nossa Senhora do Socorro, que faz divisa com a capital, manifestanets atearam fogo em pneus. A Polícia Militar tentou manter a ordem e por volta das 8 horas o trânsito foi liberadao em meia pista.

Na Rodovia Marechal Rondon, em frente a garagem de uma empresa de ônibus, no município de São Cristóvão (SE), manifestantes fecharam a rodovia nos dois sentidos até pouco mais das 9 horas. Motociclistas tentaram passar, que gerou confusão generalizada, inclusive com agressões. A PM esteve no local e fez disparos de arma não letal para conter os ânimos dos manifestantes.

Tudo acontece ao lado de um posto de combustível, que praticamente sumiu por causa da fumaça. Uma equipe do Corpo de Combustível foi chamado para apagar às chamas e evitar um problema ainda maior.

Transporte Público

O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Município de Aracaju (Sintra) confirmou que os trabalhadores aderiram à paralisação.

Para tentar ajudar a população, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) liberou os táxis-bandeira para o transporte de lotação somente para esta sexta-feira (30).

Bancos 
Agências bancárias: fechadas

Educação
Escolas municipais: fechadas
Escolas estaduais: fechadas 
Universidade Federal de Sergipe (UFS): fechada

Segurança
Guarda Municipal: normal
Polícia Militar: normal
Polícia Civil: segundo o sindicato, a categoria vai paralisar as atividades a partir do meio dia.
Polícia Federal: normal
Corpo de Bombeiros: normal
Agentes prisionais: normal

Comércio
A CDL informou que inicialmente as lojas do Centro abrem normalmente nesta sexta-feira, mas por volta das 9 horas, alguns comerciantes fecharam as portas após protesto de manifestantes.

Saúde
O Sindicato dos Médicos de Sergipe informou que serviços de urgência e emergência vão funcionar normalmente. Já o Sindicato dos Enfermeiros de Sergipe informou que a categoria entrou em greve desde o dia 28 e que os serviços estão mantidos de forma parcial nesse período.

Tribunal de Justiça
Em virtude da greve geral realizada nesta sexta-feira (30) o Poder Judiciário concedeu ponto facultativo, com suspensão dos prazos processuais.

Fonte: G1

 

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR
Músico,Jornalista, Repórter do Programa Voz da Cidadania..