Flagrante ocorreu na BR-101 (Foto: arquivo Portal Infonet).

A proprietária de um ciclomotor foi responsabilizada por deixar um adolescente de 17 anos conduzir o meio de transporte sem estar apto a essa atividade. Na quinta-feira (12) o jovem estava trafegando na BR-101, em Nossa Senhora do Socorro (SE).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi confeccionado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) para a mãe do garoto responder pela da entrega do ciclomotor a pessoa não habilitada. Com isso, ela responderá a um processo judicial.

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

FONTEPRF
COMPARTILHAR