Proposta do modelo é alternar a caminhada moderada com períodos vigorosos. Veja estudo com voluntários sedentários que estavam iniciando um programa de exercício.

Imagem reprodução
Imagem reprodução

A caminhada é um exercício que praticamente não tem contraindicação, sendo talvez o modelo mais praticado em todo o mundo. O hábito mais comum é fazer uma sessão em torno de 30 minutos com um modelo de intensidade moderada e constante, ajustada em função do nível de tolerância e conforto.
Recentemente um grupo de pesquisadores japoneses publicou um trabalho na revista da Clínica Mayo, uma das mais conceituadas clínicas nos Estados Unidos, no qual foram comparados os benefícios do modelo tradicional de caminhada com ritmo constante, com um modelo de característica intervalada, alternando exercício moderado com exercício de mais alta intensidade.

A proposta do modelo intervalado foi alternar a caminhada moderada com períodos de caminhada vigorosa. Os voluntários eram indivíduos de vida sedentária que estavam iniciando um programa de atividade física.

Um grupo passou a fazer durante 4 dias por semana 30 minutos de caminhada em ritmo constante com intensidade moderada correspondente à 50% da sua capacidade aeróbica.
O outro grupo fazia também 4 vezes por semana caminhadas nas quais se alternava 3 minutos de caminhada lenta (40% da capacidade aeróbica) com 3 minutos de caminhada vigorosa (70% da capacidade aeróbica), em 5 séries totalizando também 30 minutos de exercícios.

Foram avaliados os benefícios dos programas após um período de 8 semanas e ao comparar os dois grupos os pesquisadores chegaram às seguintes conclusões:

Os indivíduos do grupo da caminhada intervalada apresentaram melhores benefícios do que os indivíduos do grupo de caminhada em ritmo constante.

Os benefícios foram muito mais significativos nas seguintes qualidades físicas:

– Força dos músculos das pernas (Flexão e Extensão dos joelhos) – 17 % maior
– Capacidade Aeróbica 8% maior
– Maior redução da Pressão Arterial Diastólica

São evidências que sugerem que o modelo de exercício intervalado, que é sistematicamente aplicado nos programas de treinamento de atletas, também pode contemplar indivíduos iniciantes em programas de exercícios com vantagem em relação ao modelo convencional.

*As informações e opiniões emitidas neste texto são de inteira responsabilidade do autor, não correspondendo, necessariamente, ao ponto de vista do Globoesporte.com / EuAtleta.com

Deixe seu comentário abaixo

Comentários