Brasil

SÃO PEDRO EM CAPELA: Um ano para ser esquecido

Foto: fan f1 Texto: Maycon Fernandes

A superlotação divulgada com orgulho pelos organizadores da festa deveria ser motivo de um amplo marketing para o próximo ano. Mas não foi o que se viu em Capela.

Confusões, desmaios, confusões, brigas e morte foram os assuntos mais comentados sobre a festa nesta segunda-feira, 04.

Desde o inicio de sua organização, a festa já dava índices de que uma tragédia já estava prevista e que o pior ocorreria a qualquer momento. A festa de São Pedro e do Mastro entra para a história como uma das mais violentas e sangrentas.

A falta de segurança e policiamento foram destaques e acabaram permitindo centenas de brigas e uma morte. Sim, muitas pessoas vão para se divertir, porém no meio do trigo sempre terá o joio e esse joio manchou para sempre a festa do mastro.

Denisson Marques Melo, de 38 anos de idade, morreu após se envolver em uma confusão iniciada por outras pessoas. Denisson atingido por uma garrafa no pescoço e não resistiu aos ferimentos.

Fato é que se não houver uma mudança na postura desses organizadores as festas tendem a acabar.

Você pode gostar

Comments are closed.