O Garantia Safra visa garantir condições mínimas de sobrevivência aos agricultores familiares de municípios sujeitos a perda de produção agrícola por escassez ou excesso de água . O pagamento da contrapartida do município ao Fundo do Garantia Safra( APORTES) é um dos critérios mais importantes para que os agricultores que registrarem perdas na produção recebam o benefício no ano posterior.

Segundo relatório de APORTES do Garantia – Safra, pagos até o dia 13/09, Alguns dos municípios do Alto Sertão Sergipano estão inadimplentes, onde alguns gestores não pagaram se quer a primeira parcela que venceu no dia 20/05, deixando os agricultores numa zona desagradável e correndo o risco inclusive de não receber o benefício em 2018.

Os municípios que não pagarem estarão impedidos de participar do Plano Garantia Safra 2018/2019, onde até o presente momento, municípios como Monte Alegre, Poço Redondo, Porto da Folha, Gararu e Nossa Senhora da Glória não pagaram nenhuma das parcelas e estão inadiplentes.

O destaque positivo se deu para os municípios de Canindé do São Francisco, Aparecida, São Miguel do Aleixo e Nossa Senhora de Lourdes que estão com os APORTES regularizados sendo pagos mensalmente pelos gestores municipais.

O valor da parcela varia de município para município e a ultima parcela vence no dia 20/10/2017.

Clique, baixe o relatório e veja  a situação detalhada do seu município:

Aportes Municipais – Safra 2016.2017 em 14.9.17 (1)

Izaque Vieira / Redação Portal Sou de Sergipe

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR