fbpx
Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

COVID-19: Números que assustam, governantes que não sabem o que fazer

Em várias reportagens relacionadas ao Covid-19, as perguntas são sempre as mesmas: Por que não mostram os números de pessoas que foram curadas? Os jornais estão preocupados em mostrar somente os mortos?

Esses e outros questionamentos são feitos diariamente seja da mais simples matéria, até a mais detalhista.

Em Sergipe os números não tem sido tão alarmantes como tem mostrado a grande mídia e como o Governo Estadual junto a alguns prefeitos tem tratado sobre o assunto. Para se ter ideia, a população Sergipana gira em torno de 2,22 milhões de habitantes e um mês depois do Coronavírus ter atingido o estado, menos de 00000000000,1% da população foi infectada (oficialmente).




Números hoje

Casos confirmados: 44
Casos que receberam alta: 20
óbitos: 04
Casos descartados: (dezenas)

Se formos fazer uma conta rápida, dos 44 casos confirmados, 20 já não tem mais sinais do Covid-19, sobrariam 24 pessoas com Coronavírus (ativos). Se diminuirmos os 04 óbitos, sobrariam 20 pessoas com Coronavírus (ativos) no Estado de Sergipe.

O que deixa a população em pânico é a forma como as notícias tem se espalhado através da tv e redes sociais, trazendo dúvidas em relação ao número de infectados e mais perguntas: “ Se tem essa quantidade de pessoas “curadas”, porque não abatem no número de pessoas confirmadas?”

A resposta é simples

Até agora a única medida tomada pela maioria dos governadores e prefeitos, foi o fechamento dos comércios para evitar a aglomeração de pessoas, medida que não tem surtido grande efeito, pois, é notório desde de que foram publicados os decretos as pessoas continuam transitando como se nada estivesse acontecendo.

Os números servem apenas para alarmar e causar pânico, pois até agora ninguém, absolutamente ninguém trouxe uma solução plausível, a não ser manter todos em casa.

O desemprego já cresce absurdamente, existem relatos de pais de família chorando diuturnamente, por não ter e não saber como e quando voltará a colocar o pão na mesa para que seus filhos comam.

Estão enganando a população com números e poucas ações. No Estado de São Paulo, João Doria já monitora pessoas através de rastreamento pelo sinal do celular e até ameaça de prisão.

No Rio de Janeiro Wilson Witzel pediu sigilo em contratos de R$ 1 bilhão contra Covid-1, todos os contratos foram feitos sem licitação.

Vários governadores e prefeitos estão aproveitando a situação caótica em que o país vive, para politizar uma doença que já matou mais de 1.000 pessoas, porem fecharam os olhos que os números de morte por dengue, assassinatos e outras doenças continuam matando muito mais que a epidemia.

Estão enganando a população apenas com o fechamento do comercio. É aquele velho ditado:

“Quando a farinha é pouca, meu pirão vem primeiro”

Até agora a grande maioria dos governadores e prefeitos não diminuíram sua farinha, para ajudar a população.

Maycon Fernandes/jornalista

COMENTE!