greve-soudesergipe

Na tarde desta terça-feira (20), bancários se concentraram na Praça General Valadão, no Centro de Aracaju, para mais um ato da grave que está na segunda semana e atinge 174 agências e postos de atendimento em Sergipe.

Com faixas e palavras de ordem, seguem em caminhada pelo centro comercial até a Praça Fausto Cardoso, em frente ao Tribunal de Justiça de Sergipe.  “Desde a última sexta-feira estamos sem negociar e até agora não recebemos nenhuma solicitação”, disse Ivânia Pereira, presidente do Sindicato dos Bancários de Sergipe.

Segundo a direção do Sindicato, o ato serve para apresentar a real situação que a categoria enfrenta neste processo de negociação. “Os banqueiros ofereceram uma proposta pífia de 7% e um abono de R$ 3.300. Abono é um cala boca. Já perdemos 9,57% e precisamos recuperar o índice para vivermos até setembro de 2017 sem tantas perdas salariais”, declarou.

O Comando Nacional dos Bancários rejeitou a proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de reajuste de 7% no salário. O percentual foi considerado ‘muito rebaixado’, porque sequer cobre a inflação do período, isso porque o INPC de agosto fechou em 9,62%, o que representaria uma perda de 2,39% nos salários.

Com informações do G1

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR
Músico,Jornalista, Repórter do Programa Voz da Cidadania..