“Não há provas” acaba de sofrer um novo golpe. Procuradores da Lava Jato juntam documentos comprovando pelo menos de 27 reuniões e viagens de Lula com diretores da Petrobras investigados na Operação, como Paulo Roberto Costa, Renato Duque e Jorge Zelada.

Em depoimento a Sergio Moro, Lula disse que teve apenas duas reuniões com ex-diretores da Petrobras.

Complicou

Será aberto prazo para que todos os lados se manifestem em razões finais, e então o processo estará pronto para julgamento.

 

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR

Músico,Jornalista DRT 0002304/SE, Repórter do Programa Voz da Cidadania e apresentador do Programa Expressão Livre.