O problema está há aproximadamente 70 dias sem solução, causando muita revolta aos moradores da Rua Secundino Soares da Costa em Monte Alegre.
Tudo aconteceu depois que a DESO iniciou uma ampliação da rede de água na referida rua.

Moradores relatam que apos a abertura de uma vala na rua,  o calçamento foi danificado causando muitos problemas.

Funcionários que prestam serviço a prefeitura de Monte Alegre estiveram no local e até iniciaram o serviço de recuperação do calçamento, porém sem explicação alguma foram removidos para fazer outro serviço deixando os moradores daquela localidade a mercê da sorte.

Segundo a moradora Maria Elizangela, com as chuvas o problema aumentou porque com o acumulo de água, até acidente já aconteceu. “Um rapaz vinha entrando na rua de moto não viu o buraco e acabou caindo”, conta Elizangela.

A realidade é que um serviço de dois dias já está durando meses e o mais perigoso é que sem sinalização, aumenta ainda mais os riscos de acidentes.

O trecho danificado fica localizado na rua  atrás da casa lotérica que é uma rua  onde diversos carros e caminhões passam diariamente, tendo um movimento grande pois ela fica próxima a principal avenida da cidade que é a Avenida Manoel Elígio da Mota.

Elizangela ainda relata que existe muita movimentação de crianças e a qualquer momento pode até acontecer um problema maior. Além do buraco existem paralelepípedos espalhados por todo o canto deixando parte da rua comprometida que sem sinalização virou uma grande ameaça a pedestres que precisam passar naquela localidade.

O curioso é que nessa mesma rua moram os Vereadores Acrísio Pereira e Sergio da Geladeira, e mesmo assim o desmando está acontecendo sem nenhuma manifestação.

A equipe do Portal Sou de Sergipe, tentou contato com o Secretário de Obras Roberto Martins mas não obteve sucesso. Após algumas tentativas acabou conseguindo falar com o senhor Augusto Arapongas que é assessor da Secretaria de Obras de Monte Alegre.

Segundo ele a equipe foi levada para a outra localidade por conta de priorizarem outro serviço realizado no Conjunto Novo, nas proximidades da rua da delegacia.

“Acontece que nós paramos o serviço da rua porque tivemos que atender aquela urgência que o pessoal tava falando que o esgoto tava cheio de água e muito mosquito “, relata Augusto.

Ele ainda complementou as informações dizendo  que até a próxima semana o serviço será retomado naquela localidade e todo o problema será resolvido.

Os moradores ameaçam denunciar o caso ao ministério público caso o problema não seja resolvido nas próximas semanas.

 

Izaque Vieira/ Redação Sou de Sergipe

 

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR