outubro26 , 2021

    Operação conjunta prende três suspeitos de tráfico de drogas em Santa Luzia

    Veja também

    URGENTE: Motorista de ambulância sofre atentado no município de Maruim

    De acordo com informações, na manhã desta terça-feira, um...

    Polícia Civil inicia investigações sobre supostos maus-tratos contra animais em Aracaju

    Após denúncias encaminhadas à Delegacia de Proteção Animal e...

    Preços de gasolina e diesel aumentam hoje nas refinarias

    Os preços da gasolina e do óleo diesel vendidos...

    Foram registrados 18 novos casos de Covid-19

    A Secretaria de Estado da Saúde, através do boletim...

    COMPARTILHE

    - Advertisement -

    Em operação deflagrada pelas Delegacias de Boquim, Pedrinhas, Indiaroba e Santa Luzia, foram presos três suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas. A ação policial foi realizada para o cumprimento de mandado de busca e apreensão em uma residência localizada no povoado Cambuí, em Santa Luzia. A operação ocorreu na manhã desta sexta-feira (30).

    As investigações apontaram que a residência estava ocupada por duas mulheres e um homem, todos responsáveis pelo tráfico de drogas naquela localidade e em cidades circunvizinhas.

    Durante o cumprimento do mandado, expedido pela Comarca de Pedrinhas, os policiais civis localizaram uma quantidade de droga – maconha, crack e cocaína – uma arma de fogo municiada e materiais utilizados para embalar os entorpecentes.

    O procedimento investigativo também apurou que todos os suspeitos participavam do tráfico de drogas e dividiam a posse da arma de fogo, inclusive ostentando fotografias com o armamento nas redes sociais.

    - Advertisement -

    Jenildo dos Santos Portugal, conhecido como “Gordinho”, que já fugiu em outros cercos policiais, é conhecido da polícia local e responde por outros crimes na Comarca de Umbaúba foi preso na ação policial. Ele é apontado como líder do tráfico na região do conjunto Albano Franco, em Umbaúba, e sempre agia com violência contra seus rivais.

    Com as apreensões desta sexta-feira, o trio responderá pelos crimes de tráfico de drogas, posse irregular de arma de fogo e associação para o tráfico. A Polícia Civil também ressalta que informações e denúncias podem ser repassadas pelo Disque-Denúncia (181). O sigilo é garantido.