A sessão da noite de ontem (22) na câmara de vereadores de Nossa Senhora da Glória ficou marcada pela indignação de alguns vereadores em relação ao evento da passagem do ex-presidente Lula, pelo município.

GAGUINHO

O primeiro a mostrar a sua insatisfação foi o vereador, Luiz Carlos (Gaguinho) que em sua fala afirmou que diante de um momento tão importante como aquele, o mesmo aguardou que fossem convidados todos os vereadores para fazer parte do momento em que foi entregue a Medalha de Honra ao Legislativo e o Título de Cidadão gloriense, ao ex-presidente.

FLÁVIO DO PT

O vereador Flávio (PT) explicou que diante do horário avançado, a organização do evento precisou fazer alguns cortes e que o mesmo teria a oportunidade para falar, onde aproveitaria o momento para convidar todos os vereadores para participar do momento.

DUDU

Já para o vereador Dudu mostrou-se indignado, pois segundo ele existia pessoas que não eram representantes do povo que tiveram mais espaço que os próprios vereadores. “Inclusive o pessoal era colocando a gente para fora lá”. Afirmou o vereador.

O vereador aproveitou para disparar contra o SINTESE, segundo ele no ano passado falou durante uma sessão que o nunca viu um Prefeito e um Governador que fosse bom para o Sintese. Dudu ainda lembrou que o Sintese fez um enterro simbólico para o então Governador Marcelo Deda, considerado um dos melhores governadores do Estado.

TATIU DE HUMBERTO RIBEIRO

Já Tatiu foi incisivo em dizer que a organização foi muito mal-educada, nesse momento o vereador Gaguinho pediu a parte e aproveitou para disparar contra a equipe do prefeito do município que segundo ele também fazia parte da organização.

PROFESSORA NININHA

Mesmo diante de tantas críticas, a vereadora Nininha aproveitou para dizer que mesmo sendo do Partido dos Trabalhadores também foi destratada pelos seguranças. A vereadora Nininha também usou da palavra para defender o Ex-presidente recentemente condenado a um pouco mais de 9 anos de prisão.

A vereadora ainda atacou o vereador Issinho taxista, que segundo ela sempre faz gestos como se fosse de uma pessoa que é ladra. “Nós somos pagos pelo povo e eu não admito que esse tipo de brincadeira que nós somos ladrões”, disse ela olhando em direção ao vereador Issinho.

ISSINHO TAXISTA

Issinho foi mais longe. O vereador iniciou sua fala dizendo que no PT existia poucos honestos e que o vereador Flávio era um deles, Issinho disse que não queria entrar na questão de Lula em respeito a Flávio, mas que no PT tem tudo que não presta.
Issinho disse que  quem chamou Lula de meliante não foi ele, mas o Ministério Público, sobre o convite recebido para subir no palco o vereador foi mais duro em dizer que não ia atender um pedido para prestar honraria ao ex-presidente. “ Eu não sirvo com honraria um meliante, um julgado e condenado”, replicou ele em resposta a vereadora Nininha.

As críticas não pararam por aí, o parlamentar afirmou que a professora Nininha tinha o ex-presidente condenado como um deus.

MARAYSA

De início a vereadora fez algumas indicações formais a casa legislativa, mas não deixou de opinar sobre o evento.

Sobre o Governador Jackson a vereadora se somou aos que vaiaram o governador pela falta de respeito em que o governo do estado tem tratado os servidores.

Em relação a homenagem da casa ao ex-presidente, a vereadora afirmou que o mesmo cumpriu todos os requisitos para receber as honrarias, mas isso em respeito e consideração a indicação do vereador Flávio. A vereadora não deixou escapar que qualquer pessoa deve condenar quem quer que seja caso exista erro.

“A primeira decisão que já se teve é que o presidente foi condenado”, afirmou a parlamentar.

As críticas da vereadora Maraysa não pararam por aí; a parlamentar fez questão de dizer que não nasceu para ser Pop Star e que se sentiria muito melhor se estivesse embaixo da população.

JUNIOR GAZETA

“Eu mesmo deixei para tirar foto quando ele for presidente, irei a Brasília”

Esse jornalista avisou, mas…

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR
Músico,Jornalista, Repórter do Programa Voz da Cidadania..