Co-realizado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), o I Fórum Estratégico da Rede Siconv no Estado de Sergipe teve nesta quarta-feira, 1º, uma série de atividades voltadas aos prefeitos dos municípios sergipanos. No auditório do Hotel Mercury, os gestores foram orientados acerca da execução de convênios junto ao Governo Federal. A RedeSiconv tem por objetivo o desenvolvimento de ações voltadas à melhoria dos processos de gestão das transferências da União, operacionalizadas por meio do Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse — Siconv.

Em seu segundo e último dia de atividades, o evento contou coma presença do conselheiro-presidente Clóvis Barbosa, que assegurou o empenho da Corte de Contas no sentido de treinar representantes das administrações e, assim, evitar que os municípios deixem de aproveitar esses recursos.

“Nossa intenção é já a partir de fevereiro treinar servidores de todos os municípios para que se evite o que estamos vendo hoje: um grande volume de recursos que não foram utilizados pelas prefeituras”, destacou o conselheiro, lembrando que a ação terá o apoio do Ministério do Planejamento, do Governo do Estado e demais instituições parceiras da Rede Siconv.

A ideia é que os treinamentos ocorram por meio do Projeto TCE Itinerante, desenvolvido por meio da Escola de Contas, com capacitações em diversas localidades. “Esperamos prepará-los para que no mais rápido espaço de tempo estejam aptos a elaborar esses projetos e que esses recursos sejam realmente utilizados na execução das obras”, concluiu.

Para a diretora do Departamento de Transferências Voluntárias do Ministério do Planejamento, Deborah Arôxa, o papel do TCE tem sido imprescindível: “Nós faremos um trabalho conjunto disponibilizando capacitação do Sinconv na ponta porque esse problema gerado pela baixa execução lenta é por falta de capacitação, estrutura e conhecimento”, colocou.

Assinatura 

A abertura dos trabalhos teve entre os participantes o vice-governador Belivaldo Chagas e o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, que assinou termo de adesão da capital à rede Siconv. Segundo ele, as necessidades decorrentes da situação de crise econômica vivenciada pelos municípios casam justamente com essa oportunidade de obter novos recursos.

Deixe seu comentário abaixo

Não Deixe de Conferir Essas DICAS Abaixo!!