outubro16 , 2021

    SEPRORGS completa 35 anos de atuação na área de TI

    Veja também

    COMPARTILHE

    - Advertisement -

    6/7/2021 –

    Fundada em 04 de julho de 1986, entidade acompanhou as evoluções do mercado de tecnologia e adaptou ações para manter a representatividade do setor

    O Seprorgs – Sindicato das Empresas de Tecnologia da Informação e Processamento de Dados do RS completa, este ano, 35 anos de fundação. Ao longo do tempo, a entidade desenvolveu diversas pautas de apoio ao setor de Economia Digital, com ações no âmbito político, legislativo, trabalhista, incluindo negociações da Convenção Coletiva de Trabalho, entre outras frentes.

    Desde 04 de julho de 1986, quando o SEPRORGS foi fundado, o mercado de informática mudou e, com isso, a entidade se adaptou para acompanhar as evoluções. Hoje, está focada em integrar ações aos interesses do empresariado de TI, levando a representatividade do segmento junto às instâncias necessárias.

    - Advertisement -

    “Vivemos um período de muitas transformações e reformas para a TI, com repercussões que vão muito além dos negócios. Nosso papel é, como vem sendo há 35 anos, continuar a ser uma voz ativa para o setor, discutindo novas oportunidades e defendendo interesses frente às mudanças no governo, no mercado e na própria tecnologia”, afirma o presidente do SEPRORGS para a gestão 2020-2021, Rafael Krug. “Vamos concentrar esforços para obter resultados cada vez melhores, alinhados com os poderes, entidades parceiras, instituições de ensino e empresas, levando estas discussões a todos os cantos do estado, fortalecendo nossa presença por meio de nossas diretorias regionais e levando mais competitividade para o setor em nosso estado”, complementa.

    Já o vice-presidente, Luís Henrique Petkovicz, enfatiza que o relacionamento dá a tônica da gestão atual, e que esta é uma característica da atuação do SEPRORGS. “Nossa palavra de ordem é representatividade. Para isso, temos que estar próximos do empresariado de TI para entender seus interesses e anseios, projetando ações e prioridades a serem atendidas por nossas ações nas diferentes esferas em que atuamos”, destaca o VP.

    Tanto para Krug, quanto para Petkovicz, os 35 anos são um marco na história da entidade, além de uma mostra de é possível fazer mais.

    “Conversando com os ex-presidentes do SEPRORGS, se nota como, desde sempre, a entidade teve um papel fundamental na defesa dos interesses das empresas. Muitas das lideranças que tivemos até hoje desbravaram cenários muito desafiadores e, se formos analisar, hoje não é diferente: enfrentar um mercado em meio à pandemia da Covid-19, que em pleno 2020 demarcou um novo momento para toda a sociedade, é algo inédito, arriscado, preocupante. E, junto às empresas que representamos, estamos na linha de frente para fazer o que for preciso para levar a voz do setor a todas as instâncias nas quais ela precise ser ouvida”, finaliza Krug.

    A seguir, a cronologia das gestões do SEPROGS, desde sua fundação:

    – Julio Paulo Dickie – In Memorian – Gestão 1986/1987
    – Walter Pereira Merino – Gestão 1987/1989
    – Mário Guilherme Sebben – Gestão 1989/1992
    – José Luiz Pereira Ferreira – Gestão 1993/1994
    – João Abreu – Gestão 1995/2000
    – Gisele Oliveira – Gestão 2001/2003
    – Renato Turk Faria – Gestão 2004/2009
    – Edgar Serrano – Gestão 2010/2015
    – Diogo Rossato – Gestão 2016/2019
    – Rafael Krug – Gestão 2020/2021