Policiais da Delegacia Regional de Lagarto prenderam no povoado Cajueiro, no município de São Cristóvão, na manhã desta sexta-feira, 22, Alber Alves dos Santos, mais conhecido como “Ebinho”, após participação da população ao utilizar o Disque Denúncia, 181, para denunciar o paradeiro dele. Ele, juntamente com Paulo Sérgio mataram Jonas Modesto com golpes de faca, na residência da vítima localizada no bairro Alto da Boa Vista, em Lagarto, no último dia 10.

As investigações, conduzidas pelo delegado Tarcísio Tenório, contou com a colaboração de peritos e papiloscopistas do Instituto de Criminalística, que chegaram aos autores do homicídio, após análise da cena do crime, que determinou a arma utilizada no delito, bem como localizou as impressões digitais do autor.

Em uma parceria com a Divisão de Inteligência Policial (Dipol), o primeiro criminoso, Paulo, foi preso na quarta-feira, 20, na cidade de Areia Branca.

“Após a divulgação por parte da imprensa sergipana ontem, a população desempenhou um importante papel ao nos auxiliar na elucidação do caso, por meio do Disque Denúncia, que apontou o paradeiro de Ebinho.  A partir dessas prisões, outras diligências serão necessárias para apuração de todas as circunstâncias do delito. Há indiciativo de que a vítima também foi abusada sexualmente e de que houve subtração de dinheiro e de um aparelho celular”, acrescentou Tenório.

A hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte) e estupro de vulnerável, pois a vítima tinha problemas mentais, não estão descartadas.

O inquérito será remetido à Justiça dentro do prazo legal, assim que concluídas todas as diligências.

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR
Músico,Jornalista, Repórter do Programa Voz da Cidadania..