Agentes da Delegacia Regional de Propriá realizaram a prisão de Maria Cícera dos Santos, com 51 anos, conhecida por Bruxa Cicinha, por  tráfico de drogas , em cumprimento a mandado de prisão preventiva.

De acordo com o delegado Antônio Wellington, ela é apontada como a principal traficante do bairro Remanso e mandante de diversos homicídios ocorridos em Propriá desde 2015, junto com o sobrinho Nego Vitor, que já está preso.

“Em parceria com o sobrinho, Maria Cícera administrava vários pontos de comercialização de entorpecentes, mantendo empregados que tinham função de entrar em contato com os usuários para efetuar a venda dos entorpecentes”, disse o delegado.

A investigação revelou que Cícera teria ordenado a morte de um homem no início deste ano, após a invasão de agentes policiais a uma residência usada como ponto ilegal de venda de drogas, administrado por ela, por acreditar que ele tenha sido o responsável por denunciar a localização do comércio.

“Nessa ocasião, os policiais conseguiram apreender um considerável quantidade de drogas e de munição, além de um comprovante de depósito no valor de R$ 1.500,00, feito numa conta mantida por um presidiário que cumpria pena no presídio de Nossa Senhora da Glória”, ressaltou Antônio Wellington.

Ela foi indiciada pelos crimes de homicídio, tráfico de drogas e organização criminosa. A polícia ainda conseguiu apurar que um dos pistoleiros que participava do esquema era o homem identificado como Vinícius Bezerra, responsável por diversos homicídios ocorridos em Propriá. Ele morreu em confronto com a polícia após resistir à ordem de prisão, no dia 26 de julho deste ano.

A operação que resultou na prisão de “Bruxa Cicinha” foi coordenada pelos delegados João Eduardo e Antônio Wellington.

Fonte: ssp/ Se

Izaque Vieira / Redação Portal Sou de Sergipe

 

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR