Os servidores municipais de Monte Alegre no alto sertão sergipano, estão reclamando porque ainda não viram creditado na conta o salário referente ao mês de Outubro. A cidade é administrada pela prefeita Marinez Silva Pereira Lino “a Nena de Luciano” (PRB). Segundo Pedro Silvino da Costa.

O Presidente do Sintegre, sindicato representante dos servidores públicos, na história de Monte Alegre é pela primeira vez que uma administração atrasa os salários no primeiro ano de gestão. Pedro disse ainda que os servidores não suportam serem penalizados por dificuldades pontoadas pela gestora, pois salário se trata de verbas alimentícias, não é razoável esperar, devendo a administração em tudo priorizar o pagamento dos salários aos servidores, pois atrasar salário é descabível, reprovável, demonstra falta de compromisso, falta de planejamento, e não apresentar justificativa convincente para fato desta natureza demonstra desgoverno total. Monte Alegre é pobre, necessita que o poder público municipal cumpra com suas obrigações para possibilitar maior desenvolvimento e sustentabilidade a nossa terra.

Se os servidores não recebem seus salários em dia, consequentemente terão maiores dificuldades para honrarem seus compromissos, pois os mesmos dependem dessa remuneração para sua sobrevivência, é óbvio. Outubro já passou, encerrou sua contabilidade e entendemos que a prefeita deve pagar os salários do mês, utilizando as verbas do mesmo mês.

Diante da indignação dos servidores, por não terem recebido seus salários, o sindicato enviou ofício solicitando audiência com a prefeita juntamente com a secretaria de finanças do município, isto com a finalidade de conhecer a folha de pagamento em sua totalidade e criar um calendário de pagamento onde a administração aponte qual será a data para efetuar os pagamentos referentes à Outubro, Novembro, Décimo Terceiro e Dezembro de 2017, contudo fazer um planejamento que contemple toda a classe trabalhadora deste município.

Entretanto o sindicato repudia essa atitude da gestão e brevemente convocará Assembleia Geral Extraordinária para que os servidores deliberem sobre como proceder diante dessa má gestão administrativa ora vivenciada em Monte Alegre de Sergipe.

Sintegre Monte Alegre

Pedro Silvino

Presidente

 

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR

Músico,Jornalista DRT 0002304/SE, Repórter do Programa Voz da Cidadania e apresentador do Programa Expressão Livre.