soudesergipe-instituto
Imagem da Internet

Há quatro anos a eleição no município de Nossa Senhora da Glória pegava fogo.

Pesquisas e mais pesquisas eram lançadas entre os dois grupos que disputavam o pleito naquele ano, porém uma delas chamou a atenção de todos. O então candidato Francisco Carlos Nogueira do Nascimento (Chico do Correio), lançou uma pesquisa onde o mesmo venceria as eleições daquele ano com um pouco mais de 22%, o que nas urnas dariam um pouco mais de 4.000 de diferença, mas o resultado final mostrou que houve uma tentativa de ludibriar a mente do eleitorado com essa última pesquisa, pois Chico do Correio (PT) venceu por 0,38% ou seja 316 votos de diferença.

No último dia (19) um dia antes da data permitida para a divulgação da pesquisa, os fogos anunciavam o que parecia ser obvio o candidato Chico do Correio (PT) venceria com 60,4% das intenções de voto sua oponente Ciane Irmã de Jairo (PRB) que apresentou apenas 21,6% enquanto não souberam quem escolher e os votos brancos nulos somaram 18% sendo registrada no TRE-SE com o número 09141/2016.

Pois bem, muitos detalhes nessa pesquisa chamou a atenção.

1° Quem encomendou a pesquisa?

De acordo com o TSE, FRANCISCO CARLOS NOGUEIRA NASCIMENTO (candidato). Seria no mínimo constrangedor divulgar uma pesquisa na qual o contratante perderia.

2° Empresa

De acordo com a Receita Federal o INSTITUTO FRANCA DE PESQUISA E ASSESSORIA (Instituto que realizou a pesquisa), teve seu registro de CNPJ aberto em 30/05/2016, há menos de quatro meses atrás. Por tanto é a primeira vez que o instituto faz uma pesquisa.

3° Valor
Um instituto sério como o  DataFolha por exemplo custa em torno de  R$ 70 mil outros em Sergipe R$10.000, o Instituto Franca cobrou apenas R$ 5.000 valor bem abaixo (do mercado).

Diante dessas circunstancias tentamos o contato com o instituto através do telefone, porém os dois números que nos foram passados não atendia as ligações, foi então que resolvemos pedir através de e-mail o detalhamento da pesquisa, pois havia uma lacuna na mesma e através de e-mail fomos informados que esse detalhamento só seria possível se o contratante (Francisco Carlos Nogueira) autorizasse.

Não conformados com a falta de detalhes, nos deslocamos até a cidade de Nossa Senhora de Lourdes para conversar com o responsável pelo Instituto, mais precisamente para a AVENIDA ANA ROSA DE ANDRADE, número 145, endereço onde funcionaria a sede do Instituto Franca, mas para a nossa surpresa não havia Avenida Ana Rosa de Andrade e sim Praça Ana Rosa de Andrade, porém com mais um detalhe o número informado não estava correto.

Confira abaixo as imagens da Sede do Instituto:

Perguntamos a populares na praça citada acima onde poderíamos encontrar o Instituto Franca de Pesquisa, mas nenhum morador do município conseguiu indicar onde funcionava a empresa. A nossa equipe de reportagem não desistiu de ir a fundo para tirar essa história a limpo e foi aí que encontramos a casa da MÃE (não iremos revelar o nome para preservar a pessoa) do responsável pelo Instituto e encontramos o lugar e onde seria a sede de uma empresa séria de pesquisas, funciona uma loja ou boutique que vende roupas voltadas para o público feminino.

A nossa reportagem entrou em contato com alguns candidatos a prefeito de outras cidades onde o mesmo Instituto fez a pesquisa e todos sem exceção levantaram suspeitas dos resultados.

O portal Soudesergipe sempre teve compromisso com a verdade e continuará tendo em respeito aos seus leitores.

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR

Músico,Jornalista DRT 0002304/SE, Repórter do Programa Voz da Cidadania e apresentador do Programa Expressão Livre.