outubro26 , 2021

    Ozonioterapia no tratamento da diabetes

    Veja também

    URGENTE: Motorista de ambulância sofre atentado no município de Maruim

    De acordo com informações, na manhã desta terça-feira, um...

    Polícia Civil inicia investigações sobre supostos maus-tratos contra animais em Aracaju

    Após denúncias encaminhadas à Delegacia de Proteção Animal e...

    Preços de gasolina e diesel aumentam hoje nas refinarias

    Os preços da gasolina e do óleo diesel vendidos...

    Foram registrados 18 novos casos de Covid-19

    A Secretaria de Estado da Saúde, através do boletim...

    COMPARTILHE

    - Advertisement -

    “A ozônioterapia é um modulador hormonal. Acaba modulando a insulina. Como é um detox do organismo, coloca todo o corpo em equilíbrio, inclusive protegendo contra as comorbidades dessa doença. Por exemplo: neuropatias diabéticas, que acabam evoluindo para amputação, que é o caso do pé diabético. Outro exemplo são as retinopatias, que são as doenças da retina, como catarata, que também é uma comorbidade do diabético. A ozônioterapia, quando faz essa modulação, equilibra o organismo e evita essa comorbidade”, explica Marisa Lima, enfermeira especialista na prática.

    Mas ela alerta que a ozônio tem que ser acompanhada de outras terapias, por exemplo a nutricional. “Não adianta fazer ozônioterapia e não ter uma dieta equilibrada. A mudança de hábitos é fundamental para um bom resultado. Tem horas que nem a insulina consegue dar conta, fica aquela loucura do sobe e desde e nada dá conta. É aí que a ozônio entra, mas principalmente para evitar as comorbidades”, explica Marisa. “Eu tenho pacientes que tem aquela subida na insulina e, quando sobe, tem que fazer caminhada, por exemplo. É um conjunto de fatores que associados trazem bem estar a uma doença que não tem cura”.

    A neuropatia, que faz o paciente perder a sensibilidade no pé, é uma das preocupações do diabético. “Ele pode se machucar que não vai sentir. A ozônioterapia vai impedir que se desenvolvam as feridas e se existir, aí pode funcionar como cicatrização dessa ferida”.

    Marisa ressalta que essa é uma prática relativamente barata. “No caso do diabético, o benefício é muito grande. Um ‘pé diabético’ evolui para amputação muito rápido. Com a ozônioterapia, a cicatrização impede também que algo pior aconteça”, explica a especialista.

    - Advertisement -

    O QUE É A OZÔNIOTERAPIA

    A ozônioterapia é uma mistura de gases – do oxigênio com ozônio – onde a prática aumenta a circulação, a imunidade e ainda combate o estresse oxidativo, que é um vilão para a saúde. Além disso, tem ação antiinflamatória, ação fúngica e bactericida. As utilidades e aplicações são inúmeras, desde cuidados paliativos com câncer até a área estética. Cabe ressaltar que todo esse uso e essa prática precisam ser muito bem orientados por profissionais qualificados e capacitados. “A ozônio é muito famosa na Europa, está nos cinco continentes e chegou ao Brasil há apenas 40 anos. Depois do sucesso lá fora, o brasileiro tem seguido o exemplo de países desenvolvidos para ter mais saúde, que proporciona qualidade de vida”, explica Marisa Lima.

    Doutor Cuidados – oferece serviços de saúde com tratamento altamente qualificado e humanizado. A empresa conta com Médicos generalistas, Especialistas, Cuidadores (HOME CARE/assistência médica domiciliar), Babás Enfermeiras, Fisioterapeutas, Fonoaudiólogos,Psicólogos, Farmacêuticos, Nutricionistas, entre outros. Além disso, trabalha com Práticas Integrativas e Complementares voltadas para prevenção de doenças. Tem sede em Alphaville e Perdizes – SP.

    Abrange Comunicação e Marketing

    Ana Paula Mirada